quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Aos amigos do futuro

video

Olha que não foi assim tão difícil. Quer dizer, pareceu difícil, mas olha só, tá aqui, normal. Normal mesmo. As ruas, as dúvidas, as pessoas. Avenida Mao Tsé Tung, Pastelaria Cristal, Shopping Maputo, Mercado do Peixe, batelão pra Matola, Xai-Xai (Xai-Xai!)... Tá fácil mesmo agora isso, pra mim, que não quero entender muita coisa. E o monte de novos e verdadeiros amigos. E essa droga que é fazer amigos, o que faz com isso depois? Dá medo mesmo, não seguir em frente, não é ter saudade, não é se sentir só. Dá medo se acostumar outra vez, se deparar com cheiros, jeitos, sentimentos, surpresas, pessoas. Medo e preguiça são sentimentos bem parecidos se você quer mesmo saber. Achar tudo normal outra vez e tentar submeter um coração tão pequeno como o meu a mais amigos, esses, fáceis, dos bons. Pra isso a vida inventou os chutes, os tapas na cara e tantas línguas diferentes fazendo sempre as ofensas parecerem novas. Você chega lá, ou sai dali, todo fodido, todo roto daquilo, crente que o coração tá vago, só porque teu ódio é fresco. Você fica lá e vê que as ruas tão sempre paradas no mesmo canto, incomodando pelo trânsito ou pelo tédio. Você vê que é simples, se vê simples e segue. Você simplesmente segue. Soa meio ridículo pra uns e outros quando falo de amigos. Falo mais dos mais próximos, uns dezenove. Soa muito ridículo estar tão dividido em tantos lugares. É completamente horripilante pensar nos que vem pela frente, dos lugares, os amigos. Sabe quando aquela tia vem com metade da família pra se hospedar na tua casa pras as férias de verão? Pois é, nem eu, mas acho que deve ser parecido. Onde é que essa gente vai se acomodar? Um novo desafio está aí, todo exibido, bem na minha frente. Se pudesse eu trocava um rim por um coração extra...

2 comentários:

Mayra disse...

me avisa se tu achar um coração baratinho.
beijo

Ju Borges disse...

sempre cabe mais gente no coração das pessoas grandes!
que bom que esse blog tem novidades alegres
veio aqui pra eu digitar monip pra esse post ser publicado. dá um nome bonito, não?