quarta-feira, 22 de abril de 2009

Kuduro é o futuro

Se restava alguma dúvida, eis o motivo pelo qual eu sinto saudade louca de Angola às vezes, ou, eis a saudade louca musicada...



Quando eu entro o palco se move,
Talento aqui chove,
Claro que o povo me ouve
Sou Pongolove
Estou com a Buraka
Abro a fronteira
Não digo lixo
Nem digo asneira
No microfone sou a primeira
Vou levantar a minha bandeira

Angola o mundo cobiça
Mas é o povo que te enfeitiça
A Pong no beat capricha
Porque sou rara tipo welwitchia
Sou mesmo eu a dama ngaxi muito agressiva
Me derrubar nem com macumba
Sou criativa

A Buraka é que está a cuiar
Sai fora!
Pongolove é que esta a bater
Vão se embora!


wegue
wegue wegue wegue
são piadas
wegue
wegue wegue wegue
novo esquema

Rima pesada
Tipo embondeiro
Eu faço o que eu quero
Canto para Angola
E para o mundo inteiro
No kuduro impero

Sou palanca negra gigante
Sigo a passada de Njinga Mbandi
Sigo a corrente do Dande

Logro o feitiço de Tomé Grande

Por no mapa Oxaena
Terra de grandes nomes do semba
Arraso tipo kalemba
Sou de Angola como a mulemba

Mano jukula
(kimbundu)
Mambo exclusivo
Toque de Angola
(kimbundu)

4 comentários:

Carlos Messias disse...

Graaande Zé Maia, como é que tá, meu véio? Nem sabia que você tava na Zafrika. Como é que tá por aí? Por aqui também tudo certo, continuo Messias - haha. Valeu, abração

gi disse...

oooba, que legal que vc tb tem um blip! e a poli tb! adorei as musicas que vcs postaram :)

ana paula sabbag e ivana debértolis disse...

oi!!!
ta ai ainda?

Luís Rochinha disse...

Power de música! Kuduru de Lisboa com convidados angolanos. Buraka Som Sistema com Pongo Love. Wegue Wegue. :D